Google + Jovem Foodie: Agosto 2012

31 de agosto de 2012

As 10 comidas mais reconfortantes [parte 2]

Esse post é a parte 2 dessa lista. Pra explicar rapidamente, confort food são os alimentos escolhidos quando as pessoas querem algo que, além de forrar o estômago, dê prazer. Não deixa de conferir o primeiro post, você conhecerá os outros alimentos que causam lombrigas de vontade nos cidadãos do mundo.
Mas vaaaamos a parte 2, conhecer um pouco da cultura dos países.

6. Khichdi (arroz e lentilha, da Ásia e Grã-bretanha)

O khichdi é um prato de conceito muito simples: arroz e lentilhas. Acho que se fosse no Brasil, poderíamos fazer uma relação com o "arroz com feijão", que tem cara de comida caseira (ou comida "da vovó") e é item que faz muita falta pra quem viaja para o exterior.
Essa combinação de Arroz com lentilhas é a confort food bastante citada na Índia, Ásia e na Grã-bretanha, é é um prato nutricionalmente completo e de fácil preparo (principalmente se for da mamãe hehe)

7. Cheesecake

Se o "Mac and cheese" do primeiro post era a refeição preferida dos americanos, o cheesecake desponta como a sobremesa favorita! E vou ter que concordar com eles, cheesecake é TUDO DE BOM.
Com uma textura cremosa e geladinha, com sabor suave porém característico, a casquinha de torta no fundo e a cobertura cremosa de frutas, um grande pedaço de cheesecake chega a animar só de pensar.
Sua origem histórica aponta pra Grécia, mas essa delícia hoje em dia é "favoritada" por americanos, canadenses e pelo Jovem Foodie :)

29 de agosto de 2012

Cupcake vodka

Dois prazeres mundanos que tem muitos adeptos: encher a cara e ficar obeso e diabético beber socialmente e comer doce, quem não gosta? Eu mesmo não dispenso uns drinks entre amigos pra rir a toa, e poderia viver muito feliz só comendo sobremesas. Já disse isso aqui.
Talvez pensando em agradar o maior número de pessoas possível (ooou simplesmente para fazer algo "inovador"), a empresa Cupcake vineyards criou a Vodka de Cupcake.
Como o próprio nome da empresa indica, sua especialidade anteriormente eram os vinhos com sabor de cupcake, feitos com uma grande variedade de tipos de uvas como vocês podem ver aqui no site oficial.

Nesse post, vou falar sobre o que chamou mais a minha atenção, a Vodka de Cupcake. Com nível alcoólico em torno de 30%, a vodka de cupcake é feita em 6 sabores:
Sabores de Verry Berry (mix de berries), Bolo Chiffon (de limão) e Cobertura (de baunilha)

Sabores de Cupcake (original), Ginger Snap (gengibre) e Devil's Food (bolo de chocolate)

Segundo o site oficial da Vodka Cupcakes, os produtos deles contém apenas ingredientes naturais, e eles prestam atenção em cada etapa do processo. Usam os melhores grãos americanos, e a vodka é destilada seis vezes, para depois seguir em uma filtragem por carvão. A água utilizada é das montanhas de Sierra Nevada.
Tudo isso é responsável por uma vodka suave e com sabores originais (não usam saborizantes artificiais, conservantes e nem adoçantes).

Você compraria, ou prefere beber sua vodka com o sabor original de álcool?

28 de agosto de 2012

As 10 comidas mais reconfortantes [parte 1]

Já deu pra perceber que eu adoro listas, né? Pois é, acho que quando se trata de curiosidades, esse formato de texto permite que a gente aprenda um monte de itens legais e de um jeito compacto.
Dessa vez, é uma lista da CNN sobre confort foods. Mas o que é isso?
Confort foods, que na tradução ficaria como "comidas reconfortantes", são aqueles pratos ou alimentos que você pensa em comer quando precisa se sentir bem. Depois de um dia estressante de trabalho ou de um pé-na-bunda, as vezes você precisa comer algo que caia bem no estômago e te dê prazer.
Lembra quando eu disse nesse post que a comida causa uma ativação dos centros de prazer do cérebro? Essas confort foods, então, teriam um apelo ainda mais forte nessas áreas. Elas super estimulariam os centros de prazer, causando um bem-estar ainda maior que o normal.

A CNN fez esta pesquisa com pessoas do mundo todo, e é interessante notar como a combinação carboidrato + gordura está presente em todas elas. Novamente cito esse post, onde eu expliquei porque essa combinação é tão prazerosa.
Mas tá, chega de falar e vamos aos alimentos.

1. Sorvete

Sendo o mais citado, o sorvete é o campeão das confort foods. Consigo pensar em pelo menos 5 cenas de filmes em que o personagem se afoga em sorvete, comendo direto do pote com uma colher grande... E não é verdade? Principalmente pras mulheres.
Imaginem comigo, meninas: vocês levaram aquele super fora daquele garoto e ficaram down. Vão pra casa, e descobrem que tá passando na televisão aquela comédia romântica super triste. O que vocês pensam em comer? Provavelmente, é sorvete ou chocolate. Ou os dois, como na foto. Não é prazer na certa?
Algo doce, fácil de comer, não suja muita coisa (principalmente se comer no pote, tipo Haagen Dasz) e muito gostoso. É pra isso que confort foods servem, pra aliviar e ser prático.

2. Nutella

 
O comercial dizia que para um café da manhã saudável deveríamos comer "frutas, leite... e pão com nutella". E cara, cá entre nós... Nutella é amor, não é? HAHA parece que pequenos esquilos felizes colheram alegremente as avelãs da floresta encantada, entregaram pras fadas cozinheiras que misturaram com o chocolate do reino mágico, e venderam em pequenos potes. Dá até pra ver as estrelinhas de magia quando comemos esse creme.
Tá, exageros à parte, nutella está entre uma das melhores coisas que eu já comi. E as mulheres da Itália concordam comigo: em pesquisa, 100% das italianas relataram esse creme como o alívio perfeito para relaxar após uma briga com o namorado ou um dia estafante de trabalho. Elas também disseram que preferem comer com pão, na colher ou, dependendo do desespero, comem até com os dedos!

27 de agosto de 2012

Alimentos do futuro

Sabemos que a alimentação mudou muito ao longo da história: o ser humano já dependeu da caça, pesca e coleta, depois aprendeu a cultivar e criar suas próprias plantas e animais de acordo com as regras da natureza, e agora aprendemos até a transgredir algumas regras (transgênicos, hormônios do crescimento, mutações favoráveis, cruzamentos com características desejadas etc)...
Só que desde os transgênicos não temos recebido grandes novidades. Os orgânicos, que surgiram em resposta à "onda verde" de consciência ambiental, ainda não ganhou força suficiente para indicar um novo paradigma na alimentação.
Não, comida de astronauta não está incluída hehe
Mas sempre há a necessidade de mudança. Pesquisas fazem questão de divulgar que o estilo de vida do homem moderno é insustentável e danoso ao planeta, e que se não nos adaptarmos talvez entremos em extinção. Exagero? Catastrofismo? Não, é apenas uma das leis da natureza que não podemos mudar: animais que extinguem seus recursos, acabam por extinguir a si próprios.
E para isso, alguns estudiosos apontam os novos caminhos que a alimentação humana seguirá. Vejamos o que nos espera:

25 de agosto de 2012

Sobremesas exóticas pelo mundo

O último item dessa lista surpreendeu, e me fez ficar reflexivo: porque a cultura dos outros às vezes nos soa exótica? Quantas coisas da nossa cultura não pareceriam absurdas ou bizarras para outros povos?
Mas enfim, este post não é pra filosofar, e sim para mostrar algumas sobremesas curiosas pelo mundo. As combinações de sabores opostos ou de ingredientes inusitados garante para algumas "doces delícias" o título de excentricidade. Vamos conferir?

1. Murtabak (panquecas de queijo e chocolate) - Indonésia

Na verdade, o Martabak é um tipo de "comida de rua" da Indonésia. Consiste em uma panqueca recheada, com uma grande variedade de recheios doces ou salgados. O martabak é feito em uma forma com formato especial, que é untada com manteiga e recebe a massa com o recheio. Ou seja, tem a função de um "crepe" ou uma tapioca aqui no Brasil.
E claro, como há uma grande possibilidade de recheios, obviamente alguém teria que inventar algo estranho: por lá, tem muita gente que gosta da combinação de queijo e chocolate que, pela temperatura de preparo, se misturam e formam uma pasta grudenta e mole, com o grande contraste do queijo salgado e o doce do chocolate. "Surpreendentemente gostoso", dizem alguns.

  2. Tavuk (pudim de leite e peito de frango) - Turquia

Sabores de flan são infindáveis: morango, chocolate, baunilha, caramelo, frango, coco... EI, FRANGO?
Sim, na Turquia existe o Tavuk, um tipo de pudim de leite e peito de frango. Excêntrico? Nem tanto, porque era uma das sobremesas mais tradicionais entre os Sultões.
Feito com farinha de arroz, leite, frango e canela, o Tavuk tem características bem parecidas com a de um pudim de arroz.
E claro, pode comer tranquilo sem o medo de se engasgar com o osso: somente as fibras do peito de frango são usadas, deixando a sobremesa com uma textura muito parecida com a do manjar.

23 de agosto de 2012

Faca que fica em pé

Sabe quando você toma café-da-manhã ou lanche-da-tarde, e não sabe o que fazer pra faca "usada" não sujar a toalha de mesa? Porque é sempre assim, você usa a faca ou espátula pra passar manteiga ou qualquer outra coisa no pão ou torrada, e depois tem que ficar equilibrando o talher em cima do potinho pra que ele não caia na toalha.
E o pior é que, quanto mais manchante (whaaat?) a faca estiver, mais ela fica atraída pela toalha. Nutella e manteiga de amendoim são tipo campeões no borrocamento de pano. Deve ser o mesmo princípio do pão que cai sempre com a manteiga pra baixo...

Maaaaaas nossos problemas acabaram! Pra deixar a mamãe feliz com os panos de mesa sempre limpos, inventaram essa faca que sempre fica em pé!
Com um tipo de "joão teimoso" (lembram desse brinquedo? haha infância feelings agora) na base, essa faca consegue ficar de pé sozinha, sem precisar de nenhum apoio extra. Sem serra, ela é ideal para passar "recheios" cremosos ou pastosos, como manteiga, nutella, creme de amendoim, pa

Você encontra a Standing Knife nesse endereço aqui, mas se bem que por 28 dólares dá pra comprar algumas toalhas de mesa, hein... Preço salgado pra uma faca, você acha que vale a pena?

22 de agosto de 2012

Cachorro seguindo firme na dieta!

Haha eu ri muito com esse vídeo! Aparentemente, o dono tenta dar um pedaço de "bifinho" pro cachorro, e ele fica se controlando agoniado pra aceitar.
Esse aí tá firme na dieta!

21 de agosto de 2012

Conheça os sabores exóticos do Kit Kat

Confesso que até hoje não comi um Kit Kat. Não por falta de oportunidade, ou por preço, ou por qualquer outro motivo se não meu próprio desinteresse. Não vejo nele nada de tão "oooh delicia" que me faça comprar um. Diferente do Twix, que assim que lançou eu comprei pra provar (pelo biscoito e caramelo, que acaba ficando meio puxa-puxa), eu ainda não me interessei pelo Kit Kat e não entendi todo o frisson sobre sua chegada no Brasil. Wafer e chocolate já era legal com Bis, e ainda surgiu a novidade do Sem Parar. Pra mim já bastava.

Talvez se fosse um dos sabores presentes na lista abaixo, eu me interessasse pela novidade, só porque é diferente. Chocolate combinado com vinho, milho, melancia e até batata são produtos que se eu visse nas prateleiras aqui do Brasil, eu compraria. Infelizmente, estão presentes apenas no mercado oriental, como sempre.
Sabores exóticos de Kit Kat fazem parte do mercado oriental. Veja a lista!
Vamos a lista:

20 de agosto de 2012

Big Appetites

Boa tarde, pessoal! Me contem, como começou a semana de vocês? Espero que bem!
Hoje vim mostrar pra vocês o trabalho muito interessante de um artista, o Cristopher Boffoli. Acredito que quem visita alguns blogs ou fica zapeando pela internet as vezes já esbarrou com alguma destas fotos, mas agora você poderá conhecer toda a série.
Este conjunto de imagens, chamado de "Big Appetites", é uma série de fotografias onde o artista posicionou pequenas e bem detalhadas figuras, posicionadas ao redor de alimentos, como se fossem trabalhadores. Segundo o site do artista, os trabalhos fazem referência tanto ao fascínio que miniaturas exercem, quando o entusiasmo americano pelo excesso.Explicação interessante.


Veja mais fotos na continuação do post e na galeria do artista, neste link.

18 de agosto de 2012

Lanche da tarde na Praia Vermelha (RJ)

Boa noite, galera!
Vim contar hoje para vocês um pequeno ponto turístico pouco frequentado do Rio de Janeiro, a Praia Vermelha, na Urca. Muitos visitam o lugar apenas para acessar o bondinho, já que o estacionamento deste é na direção da Praia Vermelha, mas poucos são os que estendem a visita às areias.

Ficheiro:Praia Vermelha beach.jpg

De pequena extensão, a praia fica situada entre o morro da Urca e o morro da Babilônia. O nome "Praia Vermelha" se dá porque suas areias adquirem tons avermelhados durante o pôr-do-sol, tanto pela coloração da própria atmosfera quando pelos cristais rosados e avermelhados de granada presentes na areia.
Não há lá grandes atrações turísticas: alguns campis de universidades (UNIRIO e UFRJ), um clube privado de festas (Clube Marítimo da Praia Vermelha), uma estátua de Chopin na calçada da praia e... barraquinhas de comida.
E é claro que eu não poderia deixar de provar algo entre as variedades: barraca de baiana, churros, pipoca, milho, tapioca recheada... Nada muito diferente do presente em tantos outros pontos.
Da baiana, escolhi o acarajé.
"Moça, vou querer 4 acarajés, 3 sem pimenta e um com a pimenta dos outros três."
Sim, meus pais e Bianca não queriam pimenta, e tinha esquecido do remédio pra insanidade e desafiei a vendedora. Depois a Bianca se animou (ou foi o frio?) e quis um pouco de ardor também.
Acarajé com porção extra de ardência

Sempre há espaço pra mais comida... Porquê?

Nem precisa ser muito glutão pra vivenciar esta situação: após uma grande refeição, você já está "lotado" e não aguenta comer mais nada, mas é só aparecer uma sobremesa que um espaço no estômago surge como passe de mágica. Isso também acontece com uma fatia de pizza, um pedaço de bolo, um biscoito... Mas se já estamos mais que satisfeitos, porque sempre aguentamos mais?


A fome (ou a ausência dela) são reguladas por dois hormônios: a Grelina, que é secretada quando seu estômago está vazio, e interage com um neurotransmissor responsável por passar a sensação de fome, e a Leptina, que inibe esse neurotransmissor, desligando a sensação de fome.
Mas na verdade, o fenômeno relatado tem a ver com os nossos instintos de sobrevivência. Em um passado remoto, quando a comida era escassa (entenda isso como no tempo das cavernas) e nunca se sabia quando seria a próxima refeição, havia a necessidade de comer o máximo possível para "estocar" no corpo. Por isso, comidas calóricas, gordurosas ou ricas em carboidratos são as mais apetitosas: elas são as que garantem maior acúmulo de energia e por mais tempo.
Entretanto, se nestas ocasiões de alimentação os homens-das-cavernas fossem comer apenas para ficar satisfeitos, talvez não fosse o suficiente. Então, aos poucos, os hormônios reguladores da fome foram se ajustando, fazendo que o instinto de sobrevivência passasse por cima das ordens dos hormônios.
Nos tempos modernos, não há essa dificuldade para obter alimentos: são lojas, restaurantes, lanchonetes, delivery até pela internet! Mas esse instinto de sobrevivência não mudou.

Além disso, há uma outra vertente, relacionada com os centros de prazer.
Nosso cérebro é programado para nos permitir o prazer. É só observar os vícios, que são formas exageradas e danosas de obter prazer: jogos, drogas, sexo, comida...
Então, quando estamos de estômago cheio mas continuamos diante de um alimento saboroso, o cérebro entra em um dilema entre os centros de prazer (que dizem: "coma mais, é tão bom...") e o hormônio da saciedade (que diz: "chega, é o suficiente"). E não tem jeito, os centros de prazer ganham na maioria das vezes.

Talvez isso explique um dos motivos orgânicos das desordens alimentares. Na compulsão alimentar, por exemplo, o centro de prazer ganharia em qualquer "disputa", e por qualquer coisa ao invés de apenas certos pratos. A pessoa sentiria o mesmo prazer comendo um pote de sorvete ou mais um prato de comida.
Na anorexia, talvez "comer" não compensasse em prazer, fazendo que as pessoas com essa desordem não se interessassem mesmo se tiverem fome.

Bem, é isso... Espero que tenham entendido um pouco mais sobre fome e nossos instintos. Qualquer dúvida, correção ou sugestão, deixe um comentário, será muito bem vindo.

17 de agosto de 2012

Mini Chancliches

Acessando o blog Cozinha Pequena, me deparei com um aperitivo curioso: mini chancliches.
O Chanclich (ou shanklish, ou ainda shanklees) original trata-se de um queijo de origem árabe feito a partir de leite de vaca e ovelha, é modelado em esferas de 6 cm de diâmetro ou mais e é envolto em Zatar (preparado de ervas, principalmente o tomilho). Também existem variedades picantes, nas quais a pimenta é adicionada antes de formar a bola de queijo.

Já estes mini-chancliches são pequenas bolinhas de queijo (ricota e requeijão pra dar liga) envoltas em temperos, do tamanho aproximado de um brigadeiro, e que podem ser servidas como parte de uma refeição, um lanche prático ou petiscos de festa.
O preparo é bem divertido, e pode até ser considerado por mães que queiram fazer algo na cozinha com os filhos em um final de semana. Vamos a receita?

Mini Chancliches

Ingredientes:

  • 1 ricota fresca
  • 100g de ricota seca apimentada
  • requeijão (só o suficiente para dar liga)
  • azeite a gosto
  • 1 dente de alho amassado
  • sal a gosto
  • temperos para envolver os mini-chanclich: orégano, páprica picante, gergelim, zaatar, alho frito, ervas finas desidratadas, etc.

Preparo:

Amasse a ricota fresca e rale a ricota seca com um ralador. Coloque as ricotas em uma vasilha e adicione o requeijão, o azeite, o alho amassado e sal a gosto. Leve essa mistura para gelar. 
Retire da geladeira, faça bolinhas e envolva o queijo nos temperos. Regue com azeite e pronto.
Como na foto, os mini chancliches ficam ótimos com pão sírio.

Sabem o que eu reparei? É kibe, tabule, chanclich, Habibs... Tenho andado com um gosto meio árabe ultimamente. Vish

Abraços Foodie!

15 de agosto de 2012

Chocolate de frutas criado por cientistas tem só metade da gordura

Quando eu dizia que queria fazer Engenharia de Alimentos, sempre me falavam: "Ah, você PRECISA descobrir um jeito de fazer um chocolate que não engorde". Bem, que não engorde nada ainda é impossível, mas cientistas britânicos conseguiram um grande avanço.

Os pesquisadores da Universidade de Warwick, do Reino Unido, conseguiram extrair parte da manteiga de cacau e da gordura do leite encontrados no chocolate branco, ao leite e amargo, e substituir por gotículas de suco de laranja e cranberry (oxicoco). Os resultados foram publicados no "Journal of Materials Chemistry".
Como tem a outra parte de gordura, e também graças a adição de um composto chamado "Polimorfo V" (que mantém a aparência brilhante, a firmeza e o derretimento suave na boca), o novo chocolate não tem alterações no sabor.
O resultado final é um chocolate com gosto frutado, mas que também pode ser aproximado ao original se, ao invés dos sucos, forem utilizados água e vitamina C.


"Nosso estudo é apenas o ponto de partida para um chocolate mais saudável. Estabelecemos a química por trás dessa nova técnica, e agora estamos esperando que a indústria alimentícia utilize o método para fazer barras saborosas e com menor teor de gordura", disse Stefan Bon, do departamento de Química de Warwick.

Pois é, essa é a parte apaixonante no campo que eu escolhi: as pessoas buscam por coisas saudáveis, mas não conseguem abrir mão das características conhecidas. Por isso, muito estudo é necessário para atender às novas demandas que surgem, cada vez mais exigentes... É trabalho pesado! Parabéns aos envolvidos no projeto.

E você leitor, comeria com só 50% de culpa uma barra de chocolate com 50% menos gordura?

12 de agosto de 2012

Dia dos pais = comilança

Boa tarde, pessoal!
Como passaram de dia dos pais? Deram presente para o velho? Ou (infelizmente) foi um dia de saudade por quem já não está mais entre nós?
De um jeito ou de outro, o dia dos pais sempre é especial: uma data para a gente valorizar aquele que nos criou, nos protegeu, nos alimentou... nosso pai. Biológico ou de criação, a figura paterna é sempre importante na definição do caráter, no ensino de princípios e no molde da nossa personalidade.
Posso dizer que meu pai tem ajudado a me nortear nessa transição pra minha vida adulta.

O dia dos pais aqui foi com presentes em dobro, por essa data e pelo aniversário dele, que está muito próximo (dia 14/08). Se dar um presente simples pra ele já é difícil (ele já tem tudo, já ganhou perfumes, roupa, sapato, etc, etc), imagine um em dobro?
Bom foodie que sou, achei que um presente "comestível" seria uma boa ideia: além de inédito, eu poderia fazê-lo ter novas experiências.
Teve um dia que estávamos no meu computador fazendo alguma coisa, e nos deparamos com uma foto de uns queijos diferentes. Ele soltou um comentário: "hm queijo, adoro queijo!". Um outro acontecimento que ajudou a decidir o presente foi em um restaurante, quando passamos pela adega e ele comentou que gostaria de saber mais sobre vinhos, pra variar os que conhecia.

Juntei uma coisa à outra e pensei: vou fazer uma cesta de queijos e vinhos! Uma cesta bem recheada com algumas variedades de vinho, queijos fora dos usuais, pães, torradinhas etc... Seria uma boa oportunidade de ele conhecer queijos que ele nunca havia provado (como o Gruyère e o gorgonzola), e provar novos vinhos.
Ermerhgerd!! DELICIA

Veja a cesta no post completo.

10 de agosto de 2012

18 dicas para facilitar sua vida na cozinha

Confira nesse post 18 dicas ótimas para alimentos:

1. Congele uvas para refrigerar seu vinho branco sem deixá-lo aguado.

2. Como fazer um sanduíche com frios ou queijos sem deixar as bordas vazias.

O kit da XCakes chegou!

Como eu disse aqui, eu fui escolhido pelo blog Gordelícias para receber um kit de delícias da XCakes para o dia dos pais. A Luana Azeredo (responsável pela XCakes) enviou ontem, e hoje de manhã o kit já estava sendo entregue aqui! Mais ágil que isso nem fazendo tudo em casa...
O produto foi entregue por Sedex10 (confere?), e veio cuidadosamente protegido por folhas de plástico dentro da caixa de entrega, para evitar impactos.

Eu queria MUITO mostrar o kit pra vocês, e sei que no dia dos pais eu não vou conseguir tirar foto de cada item separadamente (po, meu pai vai estar querendo ver tudo, imagina se eu ficasse dizendo "espera, espera, tenho que tirar foto"... Nem dá né?). Por isso abri o kit só pra tirar as fotos, e depois fechei assim como veio. Veja as fotos e a minha impressão na continuação do post!

9 de agosto de 2012

Gordelícias e XCakes na promoção do dia dos pais!

EU NEM ACREDITO! Ganhei uma promoção!
Sabe a pessoa mais azarada do mundo, que não ganha nem no cara ou coroa? Até hoje eu era assim, mas WOW! Ganhei uma promoção ótima!

O blog Gordelícias (em parceria com a Xcakes) deu de presente um kit maravilhoso para quem escrevesse a melhor resposta à pergunta "por quê mereço presentear o meu papai com 1 kit super especial da xcakes?". Fui lá, todo despretensioso, respondi com a maior naturalidade (acho que por isso foi tão especial também) e... faturei as delícias!!
A Raquel (uma das autoras do blog) mandou o e-mail avisando que eu ganhei a promoção agora, cerca de 00:00, e eu respondi comentando sobre o Jovem Foodie... E não é que ela citou o meu blog na fanpage no facebook?! Foi uma surpresa e uma honra imensas!

Enfim, daí eu percebi que tinha que decidir qual escolher, mas estava na dúvida entre manter a surpresa e deixar o papai sortudo (hoho) escolher... Como o dia dos pais e o aniversário dele caem muito próximos (dia 12 e 14 de agosto, respectivamente), achei melhor que ele escolhesse, e ele optou pelo kit 1:
Kit 1: pãezinhos australianos (5 unidades), geleia de laranja com whisky e castanha de baru (60gr), geleia de figo com vinho do porto (60gr), brownie com whisky e xcake no pote (recheio: geleia de laranja ou geleia de figo) com colher comestível – R$ 39,00

Os outros dois kits eram:
Kit 2: suspiros recheados (café com manteiga de amendoim e noz pecan com chocolate), brownie com whisky e xcake no pote (recheio: geleia de laranja ou geleia de figo) com colher comestível – R$ 51,00
Kit 3: 2 xcakes* de 65gr com 2 colheres comestíveis *escolher entre: doce de leite, goiabada, frutas vermelhas, laranja com whisky e baru ou figo com vinho do porto - R$ 25,00

As fotos dos outros kits estão no post da promo no Gordelícias, e todo o catálogo de delícias que a Luana Azeredo (dona da XCakes) prepara está no próprio site da XCakes. Aproveita pra dar uma visitada no blog e uma olhada no site da XCakes, duvido você não virar fã das meninas do blog e babar nas delícias da XCakes!

Fiquei muito feliz por ter levado a promoção, e mais feliz ainda pela citação do Jovem Foodie... Esse kit vai combinar SUPER com o presente em dobro que ele vai ganhar, pelo dia dos pais e pelo aniversário!
Não posso revelar AINDA qual será o presente dele, mas posso adiantar que são muitas delícias! Afinal, não é todo dia que se comemora a paternidade e o aniversário de 51 anos, não é mesmo? Ele merece...

Abraços Foodie!

8 de agosto de 2012

Dietas de jejum seriam a chave da saúde?

Cientistas afirmam que dietas com períodos de ingestão reduzida de alimentos pode ser a chave para o emagrecimento, manutenção da saúde e juventude, além da redução de compostos químicos relacionados ao ganho de peso.

A notícia vem da BBC: o repórter científico Michael Mosley conversou com cientistas que estão investigando as dietas com períodos de restrição alimentar completa e sua ligação com o controle de compostos químicos relacionados ao envelhecimento, ganho de peso e doenças. Através de um experimento, os cientistas observaram que animais expostos a uma dieta de baixíssimas calorias sobreviviam por mais tempo, e de modo muito mais saudável.
A chave, segundo os pesquisadores do Instituto de Longevidade da Universidade da Califórnia do Sul, é o hormônio IGF-1. Este hormônio, além de outros relacionados ao crescimento, mantém as células ativas. Enquanto somos jovens este hormônio é desejado, mas não é bem assim quando o corpo já tem mais idade.
De acordo com o pesquisador Valter Longo, diretor do instituto citado, a maneira mais eficiente de reduzir drasticamente o IGF-1 é com dietas de jejum.
“Você precisa de níveis adequados dos hormônios do crescimento (como o IGF-1) durante o período de desenvolvimento, mas níveis elevados destes hormônios conduzem para o envelhecimento precoce”, disse o pesquisador. Os pesquisadores observaram ratos modificados para não responderem ao IGF-1: eles apresentaram vida 40% mais longa que a média (se fossem humanos, seria como se tivessem 160 anos), e não se degeneraram ao longo da vida. Para morrer, eles "caiam para o lado, mortos" ao invés de se degenerarem até a morte.

Leia a postagem completa para entender como isso se relaciona com perda de peso, e ler o caso de sucesso do repórter da BBC.

5 de agosto de 2012

Brigadeirão Jovem Foodie :D

Eu sei que prometi esse brigadeirão há alguns dias e que já deveria ter feito, mas o que aconteceu na verdade é que não fomos no mercado antes, portanto não compramos os ingredientes.
Não que sejam ingredientes muito diferentes do que se tem em casa ou muito caros, mas não tínhamos o chocolate em pó e o creme de leite na dispensa. De qualquer forma, fomos no mercado ontem, e já ontem mesmo ele estava no forno.
Minha mãe estava com desejo dessa receita por causa da novela, disse ela que a família do Tufão comeu em um episódio, o que fez a boca dela encher d'água. Motivo tosco, mas a receita vale a pena...
A receita é muito simples, rende um brigaderão respeitável em tamanho, serve muito bem mais de 10 pessoas, e pode ser sobremesa ou lanche da tarde... Já aqui, foi parte do café da manhã (alguém aguentava esperar? haha, claro que não!). Vamos à receita:

3 de agosto de 2012

Mulher emocionada com o Sundae de Bacon

Lembra do sundae de bacon que eu falei neste post? Essa gordinha do vídeo comeu e pareceu adorar! Ela deve ser uma fanática por bacon e por sundae, e não conseguiu conter a emoção...
"Breakfast and dessert, all in one!!"
Vê aí no vídeo!

Café com iogurte

Essa ideia surgiu da necessidade: queria tomar café com leite batido, mas não tinha leite gelado, e o café não fora feito na hora. De lácteo na geladeira, só alguns potinhos de iogurte natural. HMM será que dá?
Testei, e deu!
Com iogurte, café, gelo e canela, dá pra fazer um frapê delicioso, quem diria?

Frapê de café com iogurte

Ingredientes:

  • Um copo de café
  • Meio potinho de iogurte natural desnatado ou integral (cerca de 100g)
  • Canela e noz moscada a gosto
  • Açúcar ou adoçante a gosto
  • Gelo
Na verdade, a proporção entre café e iogurte pode variar de acordo com o gosto de cada um. O iogurte também pode ser desnatado ou integral. Eu só postei essa "receita" pra mostrar que essa combinação aparentemente estranha pode render um bom resultado!
Para fazer é só pegar todos os ingredientes e bater bem no liquidificador. A espuma que forma é deliciosa!


Hoje tem brigadeirão...

Só pra adiantar que mais tarde postarei receita de brigadeirão. Minha mãe tá com vontade, então vou tentar fazer essa maravilha.
Com receita, (quase) nada é impossível, então... aguardem :D

2 de agosto de 2012

Homenagem ao Brasil no Madrid Fusión

O Madrid Fusión 2013, um dos maiores eventos de gastronomia, trará como tema principal o Brasil. Entre os dias 21 e 23 de janeiro, chefs e empresários brasileiros estarão presentes em Madrid.
O estado que representará a nossa nação será Minas Gerais, segundo a Superintendência Central de Imprensa do estado de Minas Gerais.
Como país homenageado, o Brasil terá passe livre para demonstrar seus produtos aos empresários do setor alimentício que estarão no encontro, além de um setor próprio na feira e na programação de palestras. Os principais produtos a serem mostrados serão o café, o queijo e a cachaça - produtos clássicos em MG.

Este evento gastronômico homenageia um país a cada ano. Para ser escolhido como destaque, o país deve ter se destacado no cenário gastronômico no ano anterior. Os últimos homenageados foram Coreia do Sul, México e Peru.
O palco do evento já recebeu chefs como Alain Ducasse e Ferran Adrià, e este ano terá chefs brasileiros. A decisão por homenagear o Brasil foi decidida no começo de julho, mas o nosso país já estava sendo cotado desde o início do ano.
Fonte: Folha de São Paulo

Não podemos dizer que o Brasil é uma grande potência em todos os sentidos, mas certamente somos na gastronomia. A vastidão do nosso país nos contempla com uma imensa variedade de pratos, de culinárias típicas, de gostos diferentes: cada região utiliza muito bem cada tipo de ingrediente, com uma infinidade de pratos criados por diversas culturas de influência.
É o indígena no norte; o africano no nordeste; os argentinos no sul; italianos, japoneses, árabes e portugueses no sudeste... Uma pluralidade sem fim!
Patriotismo ufanista nunca foi muito comigo: não gosto de ser hipócrita a ponto de dizer que nosso país é perfeito, como muitos fazem em época de copa do mundo e olimpíadas, mas ver uma notícia como essas me enche de orgulho, sinceramente!

Abraços Foodie!

1 de agosto de 2012

Compromisso Jovem Foodie

Boa noite!
Esse post é um texto, um tanto pessoal, tem a ver comigo: um compromisso a ser selado comigo mesmo. Sinta-se a vontade a ler, entender e quem sabe, aderir.

É bobeira, mas meu sonho é fazer um Red Velvet cake assim,
em camadas e com cobertura. Mas tendo em casa gulosices
compradas sempre, quando eu poderia fazer? Nunca.
Desde que mudei meus hábitos alimentares, eu procuro ter alimentação e vida saudáveis. Sou adepto da inclusão de vegetais nas refeições, da prática de caminhadas/corridas para manter a forma e o bem-estar mental (só eu me sinto muito bem depois de correr? É uma sensação boooa...), da diminuição de gorduras no dia-a-dia. Mas ultimamente, parece que essa situação tem mudado um pouco comigo.
Não sei se foram as férias, ou se for devida a um grande estresse emocional que eu estava vivendo que acabava gerando ansiedade, ou se foi um simples desvio de foco (com aumento dos hábitos não-saudáveis em detrimento aos saudáveis), mas sei que acabei voltando demais aos junk-foods e em grande quantidade.
Se antes, eu comia um bom pedaço de bolo no final de semana, ou alguns gramas de massa branca (aperitivo de pizzaria) assistindo algo na televisão, parece que agora eu comeria um bolo inteiro, ou meio quilo de massa branca (não é exagero, já aconteceu). Ou os dois. Acabei entrando em uma situação crítica.
Não que eu tenha engordado, ou tenha ficado com algum distúrbio na saúde. É algo psicológico que eu preciso superar: voltar aos bons hábitos de alimentação diária, reduzir a quantidade das porções, comer como gente normal come, sabe?

Finais de semana sempre são tentadores: desde o começo da dieta, eu me permitia comer algo gostoso, sem muita moderação (já teve época de pizza gigante de chocolate, tortas inteiras de confeitaria etc). Mas agora, estarei entrando em uma fase de "retomada de rédeas".
A ideia não é parar de ter esses momentos de comer coisas gostosas no final de semana. A ideia é qualidade. Ao invés de meter o pé na jaca com 6 fatias de bolo de cenoura com muito chocolate da padaria, eu quero passar a fazer o meu bolo, em casa. Se eu quiser massa branca de aperitivo, tentarei fazer! Pavê, cuscuz, o que for: se eu tiver que ter o trabalho de preparar algo, ou eu prepararei e comerei com menos culpa, ou eu nem prepararei (e azar o meu).
E se eu não tiver o pensamento de "se acabar, eu posso ir alí na padaria comprar mais, que é fácil", eu vou ter que me moderar e comer um pouco por vez, ou simplesmente ficar sem. E principalmente, abolir o comprado.

Agora, com o blog, eu me sinto na obrigação de postar receitas testadas por mim, que eu possa fazer e tirar novas fotos para mostrar pra vocês. Com este novo compromisso, de fazer minhas próprias gordices, eu espero cumprir essa obrigação.

E antes de terminar isso, uma ideia a quem lê: Porque você não entra nessa comigo? Vamos perder o medo que você possa ter da cozinha, pegar receitas e fazer nos finais de semana? Preparando nossas proprias guloseimas, além de poupar dinheiro (muito, gente, falando sério!), ainda podemos ter o absoluto controle do que estamos ingerindo.
Aí, você me diz se tem coisa mais prazerosa, mais deliciosa, que fazer coisas gostosas para nós e pra quem nós amamos! Te garanto, não tem!

Abraços foodie!